SOMOS O ANJO DA GUARDA DO TRABALHADOR ?

     "Não somos nem o anjo da guarda e muito menos a Madre Tereza de Calcutá como diria meu amigo Cosmo Palasio.

    O anjo da guarda do trabalhador deve ser ele mesmo. O dever do profissional de segurança é fazê-lo entender, que ele é o maior responsável pela própria segurança. É fazê-lo entender que ele pode ser o mais afetado negativamente por sua própria conduta insegura."

Trecho do Autor: https://segurancadotrabalhonwn.com/4-cliches-sobre-seguranca-do-trabalho-que-voce-deve-evitar/

Conecte-se conosco!​
pngocean.com.png
  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Flickr ícone social
  • Instagram

ARTIGOS:

Rua Tupã, 163, Scharlau, São Leopoldo/RS, Brasil.

+55(51) 99754 9772

© 2020 Todos direitos reservados

Criado por Esteio Service